A Exposição possui o Estatuto de Interesse Cultural, concedido pelo Ministério da Cultura.


Exposição Universal da Matriz Portuguesa – Camões 500 Anos criada pela Matriz Portuguesa – Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento celebra o 500.º Aniversário do nascimento de Luís de Camões. 

Luís de Camões nasce em 1524.

Expoente maior da Literatura Portuguesa e símbolo da vocação universalista da língua e da cultura Portuguesas, é considerado um dos grandes poetas da tradição ocidental.

Em 1527, estando a capital ameaçada pela peste, a família mudou-se para Coimbra. Aos doze ou treze anos teria sido protegido e educado pelo seu tio Bento que o encaminhou para Coimbra para estudar. Estudante indisciplinado, mas ávido pelo conhecimento, interessou-se pela história, cosmografia e literatura clássica e moderna. Contudo, o seu nome não consta dos registos da Universidade de Coimbra. É possível que o próprio tio o tenha instruído, sendo a esta altura chanceler da Universidade e prior do Mosteiro de Santa Cruz, ou tenha estudado no colégio do mosteiro. 

Objectivos

Celebrar o 500.º Aniversário do nascimento de Luís de Camões.

Fomentar, ao nível cultural e institucional, a revalidação do interesse pela Língua Portuguesa e por Portugal aos Portugueses e aos não-Portugueses.

Promover os interesses e valores de Portugal no espaço lusófono, europeu e mundial.

Criar pólos expositivos com conteúdos de teor cultural, científico e histórico, entre Portugal e o Mundo, disponibilizando uma ligação tecnológica para fomentar uma interacção com os públicos dos outros pontos do Mundo através de troca de impressões, ficheiros digitais de imagens e outros relativos à exposição e eventos que aí ocorram – criando as "Rotas da Matriz e da Língua Portuguesa".